rosa cristalizada


comer rosas...

sim..porque não? se vc for pensar comemos coisas mais diferentes do que rosas, pelo simples fato que sempre foi assim. Pensem comigo, quem teve a brilhante idéia de comer MANDIOCA? pensa só...é uma raiz, feia, grande, suja que alguém algum dia descascou, cozinhou ou ralou e pronto...agora toooooodo mundo come! Tem trocentas outras coisas que chega ser engraçado pensar como eles foram parar em nossas vidas...ou não (esse pra outra conversa). Para quem quiser saber esse tipo de pensamento é um exercício de SEMIÓTICA

voltando

comer rosas e também existe outras flores bem legais pra comer...além de lindas
  • Amor-Perfeito - Tem textura aveludada e é refrescante. Boa para saladas ou aromatizar vinagres.
  • Pelargonium capitatum, ou gerânio - Muito usado em saladas.
  • Rosa - Muito tradicional na cozinha árabe, onde a essência de rosas é muito utilizada; Em cremes e mousses, combinadas com suco de frutas. Normalmente é feita uma infusão primeiro para concentrar o sabor. Em limonadas e sucos de laranja, para dar um toque exótico.
  • Viola odorata - Violeta verdadeira (não é a violeta-africana, encontrada nas floriculturas). Quando fresca, é usada em saladas; cristalizada, usada para decoração de bolos, pudins e sorvetes.
veja essas duas receitas de rosas cristalizadas

Pétalas de rosa cristalizadas: (fonte)

Ingredientes:

10 pétalas de rosa sem tratar
1 clara de ovo pasteurizada
50 g de açúcar

Modo de Preparo:

Lavar e secar as pétalas cuidadosamente.
Pincelar as pétalas com a clara de ovo.
Passar as pétalas com clara por açúcar cobrindo-as completamente.
Deixar secar num lugar sem humidade ou levar ao forno a 35ºC por algumas horas.

Receita de rosas cristalizadas (fonte)

Ingredientes:
2 rosas semi-abertas de pétals firmes e bonitas
1 limão
açucar de confeiteiro

Modo de fazer:
Para quem tem roseiras no jardim é só colher uma ou duas rosas semi-abertas, despetalar, lavar e colocar sobre um papel absorvente.

Num potinho colocar limão e açúcar de confeiteiro.
A mistura irá depender das quantidades de pétalas.

O ideal é ir fazendo aos poucos, começando por misturar ¼ de xícara de açúcar com o sumo de 1 limão.

Pincelar de leve as pétalas, cuidando para não machucá-las.
Colocar sobre papel manteiga e deixar secar. Ficarão açucaradas.

Para quem não aprecia o sabor do limão, poderá fazer com água somente ou apenas pulverizar o açúcar sobre as pétalas.
Coloque num pratinho bonito e sirva um chá aromático da preferência de sua mãe, acompanhe com algum biscoitinho ou bolo que tiver feito.

Acrescente uma rosa em botão, recém colhida.

----

Existe outras tantas

basta vc fazer uma pesquisa e verá que não é tão estranho assim

aproveite o dia das mães que está ai na porta e faça algo especial na data

com muito carinho

ADri Amorim


Loucura Materna

Phasellus facilisis convallis metus, ut imperdiet augue auctor nec. Duis at velit id augue lobortis porta. Sed varius, enim accumsan aliquam tincidunt, tortor urna vulputate quam, eget finibus urna est in augue.

Um comentário:

leonor de sousa bastos disse...

Cara Adri,

Não me parece que tenha que recorrer a marcas de água para assinalar aquilo que é meu.
Não solicitei que retirasse a foto mas apenas que indicasse a sua autoria.
Eu sou profissional de cozinha e trabalho com um profissional em fotografia. Trabalhamos muito para conseguir fotos e receitas com qualidade e não me parece justo que utilizem o meu material sem referir a fonte.

A isto chamo direitos de autor e não preciso de assinalar cada imagem com uma marca que vai destruir a sua beleza para dificultar a vida às pessoas que as querem utilizar.
Não há nenhum método 100% eficaz que impeça o roubo de fotos e por isso, opto por confiar no bom senso e na honestidade dos outros.

Lamento se achou a minha abordagem indelicada mas, ultimamente tenho encontrado imensos posts meus espalhados por aí sem qualquer referência.
Quando tento contactar as pessoas em questão, normalmente nem uma resposta recebo e começo a ficar muito seca e directa nos meus comentários.

Não gosto,sequer de fazer este tipo de abordagem num comentário, mas não encontrei nenhum email seu para abordar este assunto de uma forma privada.

Obrigada pela sua compreensão e pela sua atitude,

Beijinhos

Leonor